sábado, 29 de julho de 2017

A saída de Rui Pereira.

Rui Pereira renuncia ao seu mandato de vereador autárquico e cria mais um episódio nas próximas eleições autárquicas.
 
Analisando as suas palavras, e partindo do pressuposto que Rui Pereira se mantém por Esposende, Rui Pereira prepara-se para abraçar outros projetos autárquicos o que nos quer dizer que entrará numa das listas adversárias de Benjamim Pereira.Excluindo o PCP e o PS pela natureza política destes 2 partidos, apenas nos resta João Cepa e o CDS, sabendo que o CDS já a sua lista quase fechada apenas me resta imaginar a incorporação na lista de João Cepa.
 
Penso não andar muito longe da verdade quando digo isto...
 
Rui Pereira foi o vereador com maior publicidade e projeção e o único para além de Benjamim Pereira que tinha uma "identidade pública" reconhecida pela população de Esposende e aquele cujo trabalho foi mais reconhecido.Tal como ele diz no seu comunicado de renúncia, as áreas que lhe foram confiadas hoje estão diferentes do que estavam quando ele lá não estava e eu sou um dos apoiantes desta ideia.
 
As coletividades do concelho voltaram a existir, as coisas começaram a acontecer, os eventos desportivos e culturais foram consolidados, o turismo passou a ser um sector financeiro viável no nosso concelho. No final de contas, voltou a haver um renascimento do orgulho de ser Esposendense e das coisas que cá se fazem e isso era algo inimaginável em 2005 quando o concelho era bafiento em quase tudo.
 
A minha grande crítica ao trabalho de Rui Pereira é o facto de não ter arrancado com a renovação, ou uma outra solução, de nenhum dos hotéis devolutos em Esposende, o Hotel Nélia e o Hotel do Pinhal. Acredito que um avanço em qualquer um destes pontos teria sido importante para o concelho, seria uma marca forte no seu mandato e seria um legado importante para quem vier a seguir.
 
Posso não concordar com a mais que provável escolha política que ele fará, mas sei que ele continuará a querer o melhor para o nosso concelho e para a sua população.
 
Este é sem dúvida uma grande derrota para Benjamim Pereira que terá de ir buscar um nome forte para poder colmatar a saída do melhor elemento do seu executivo se não quiser por o seu lugar em risco.
 
Mas, e existe sempre um "mas", existem algumas coisas que o mentor da campanha do projeto que Rui Pereira abraçar não se pode esquecer.
 
Uma parte do sucesso dos pelouros de Rui Pereira está intimamente ligado com as verbas que muitos consideram exorbitantes, pornográficas, e até ofensivas, alocadas por Benjamim Pereira aos pelouros de Rui Pereira e por essa razão verei com muita estranheza os já habituais lamentos sobre dinheiro gasto em "cartazes", "anúncios", "festas e foguetes".
 
Os dias que virão talvez me desmentirão.