sexta-feira, 1 de julho de 2016

"A barca"

O "programa das festas" da terra para o próximo verão foi ontem apresentado no "green" da Quinta da Barca.

A QdB dispensa apresentações.

Um dos apontamentos a retirar do local escolhido é o facto de permitir olhar de frente para o areal da "barca do lago" do lado de Fonte Boa.

O que tem sido feito por aquele espaço? 
Semear uma relva? E pouco mais.

Se aquele espaço tem de há uns anos a esta parte algum brio maior tal deve-se em grande parte à iniciativa privada lá instalada.

Creio que um espaço daqueles merecia mais, muito mais.
Basta percorrer as margens do nosso Cávado para ver o que outros concelhos fizeram nas suas margens.

Prado e Amares são dois exemplos assinaláveis do quão bonitas se podem tornar as margens de um rio.
E "nós por cá", que tanto nos queixamos das nortadas de Agosto, bem que podíamos estimar melhor o "plano B".

O rio Neiva já vem sendo digno dessa atenção, o que se aplaude, mas o Cávado... o Cávado parece continuar esquecido.


Foto (facebook do Município).